Posts

Toxina Botulínica na Odontologia: mais uma novidade para você

A Toxina Botulínica na Odontologia

O CFO (Conselho Federal de Odontologia) regulamentou o uso da Toxina Botulínica para uso em consultórios odontológicos, através da Resolução 176/2016, de 6 de setembro de 2016.

Conhecida pelos que querem evitar os sinais da idade, a toxina botulínica está sendo aplicada na Odontologia tanto para tratamentos estéticos quanto terapêuticos, afirma a Dra. Ananda Canto CRO-RJ 44639.

PARA O BRUXISMO

Nos pacientes que rangem ou que apertam os dentes, a substância é aplicada de cada lado da face, nos principais músculos da mastigação para fazê-los perderem a força excessiva e o estímulo para o bruxismo.

PARA O SORRISO GENGIVAL

Para aqueles que expõem excesso de gengiva, ao sorrir, a substância é aplicada, no intuito de reduzir a elevação dos lábios.

O uso da Toxina Botulínica é indicado nestes casos:

  • Implantes: ajuda no relaxamento da musculatura da mastigação;

  • Sorrisos assimétricos: balanceia o sorriso, sem elevar mais um lado dos lábios do que outro;

  • Dores de cabeça: causadas pelos músculos da mastigação, após aplicação da substância, passam a ficar com menos tensão, reduzindo estes sintomas;

  • Disfunções da Articulação Temporo-Mandibular, promovendo o relaxando da musculatura;

  • Assimetria de face, equilibrando a aparência do rosto, quando um dos lados fica com aparência maior do que o outro.

Especialidades que podem usufruir do uso do Botox:

Na Odontologia o Botox pode ser usado nos tratamentos de Implantodontia, Periodontia, Cirurgia Ortognática, Ortodontia, Reabilitação Oral, entre outras.

Prazo de validade

Sua duração tem efeito em média de seis meses, aproximadamente. Após este prazo, precisa ser feita uma nova aplicação para a manutenção do resultado obtido.

Para saber mais, entre em contato através dos nossos telefones e agende uma avaliação: (21) 2254-9011 ou 21 2264-0209.